← Back to portfolio

Tiroteios afetam mais de 40% das unidades de saúde da Região Metropolitana do Rio

Published on

UM LEVANTAMENTO FEITO PELA PLATAFORMA FOGO CRUZADO - OBTIDO COM EXCLUSIVIDADE PELA GLOBONEWS - MOSTRA QUE HOUVE TIROTEIO NO ENTORNO DE MAIS DE 40 POR CENTO DAS UNIDADES DE SAÚDE DA REGIÃO METROPOLITANA DO RIO DE JANEIRO EM 2020.

VEJA A REPORTAGEM COMPLETA AQUI.

A REGIÃO METROPOLITANA TEM 4 MIL 190 UNIDADES DE SAÚDE EM FUNCIONAMENTO E EM 1742 DELAS FOI POSSÍVEL OUVIR DISPAROS DE ARMAS DE FOGO OU PRESENCIAR TROCAS DE TIROS.

APESAR DE O LEVANTAMENTO INCLUIR HOSPITAIS DA REDE PÚBLICA E DA REDE PRIVADA, SÃO OS CENTROS PÚBLICOS DE SAÚDE QUE LIDERAM O RANKING DE MAIOR INCIDÊNCIA DE TIROTEIOS NO ENTORNO (ATÉ 300 METROS DE DISTÂNCIA).

A CLÍNICA DA FAMÍLIA WILSON MELLO SANTOS ZICO, NA VILA KENNEDY, LIDERA O RANKING. FORAM 240 REGISTROS DE TIROTEIOS NO ENTORNO AO LONGO DO ANO PASSADO.

FORAM REGISTRADOS, NO TOTAL, MIL 556 DISPAROS OU TROCAS DE TIROS PERTO DAS UNIDADES DE SAÚDE, QUE PROVOCARAM A MORTE DE 275 PESSOAS E DEIXARAM OUTRAS 294 FERIDAS.

APESAR DE ALTOS, OS REGISTROS DE 2020 FORAM MENORES DO QUE OS VERIFICADOS NO ANO ANTERIOR, 2019.

NAQUELE ANO, FORAM 2 MIL 309 DISPAROS DE ARMA DE FOGO OU TIROTEIOS NAS PROXIMIDADES DE DUAS MIL 174 UNIDADES DE SAÚDE PÚBLICAS E PRIVADAS. DE UM ANO PARA O OUTRO, HOUVE REDUÇÃO DE 33% NO NÚMERO DE CASOS.

22 MUNICÍPIOS INTEGRAM A REGIÃO METROPOLITANA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO.

OS DADOS FAZEM PARTE DO LEVANTAMENTO ANUAL FEITO PELA PLATAFORMA FOGO CRUZADO E É UM RECORTE DO RELATÓRIO GERAL QUE SERÁ PUBLICADO NESTA SEXTA-FEIRA, DIA 08 DE JANEIRO.

Subscribe to get sent a digest of new articles by A PRISCILLA MORAES

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.